Verão e pandemia: dicas para aproveitar a estação de forma saudável e responsável - Portal de Notícias | Hospital Edmundo Vasconcelos
◄ Voltar

Verão e pandemia: dicas para aproveitar a estação de forma saudável e responsável

data:27 de janeiro de 2021

Cada estação do ano pede cuidados específicos com a saúde. Neste verão, além da preocupação com as altas temperaturas, alimentação e exposição solar, é preciso incluir novos itens à lista de precauções por conta da pandemia do coronavírus. A clínica-geral do Hospital Edmundo Vasconcelos, Ligia Raquel de Brito, destaca algumas dicas para tornar este período mais seguro em diversos aspectos.

No quesito alimentação, a prioridade deve ser o acondicionamento dos produtos, principalmente os que apresentam em sua composição ovos ou maionese. Segundo a médica, é importante mantê-los sempre refrigerados a fim de evitar o risco de contaminações. “O ideal é não deixar alimentos fora da geladeira para prevenir o contágio por microrganismos como a Salmonela, uma das causas da diarreia”, explica Ligia. “Caso a escolha seja comer fora de casa, prefira opções embaladas e lacradas. E claro, higienize a superfície dos recipientes”, acrescenta.

Outro conselho ainda seguindo o tema comida, é consumir, preferencialmente, alimentos leves como frutas, legumes e verduras, que devem ser limpos corretamente antes da ingestão. A hidratação não ficou de fora dos hábitos a serem seguidos na época mais quente do ano, e por isso, a clínica-geral indica deixar garrafas de 500 ml de água previamente separadas para serem consumidas durante o dia. “A hidratação ajuda a prevenir a insolação, assim como o uso correto do protetor solar”, explica a profissional.

Caso a prevenção não seja seguida e a exposição excessiva ao sol seja uma realidade, a médica explica que ainda assim é possível amenizar o incômodo como ardência e vermelhidão. “É preciso hidratar bem a superfície da pele com cremes. Outra solução para aliviar o desconforto é tomar banho frio – não gelado, explica Ligia. “Se o quadro evoluir para a descamação da pele, é essencial lembrar que ela nunca deve ser retirada ou puxada. Por conta do excesso do sol, essa superfície já está mais sensível e machucada. Quando há a retirada de pele de forma manual, aumentam os riscos de infecções secundárias”.

E, como a pandemia não acabou, a médica destaca que é preciso manter as medidas de prevenção, o que inclui o distanciamento social, a higienização das mãos e o uso de máscaras. É com elas, aliás, que a clínica-geral, pede cuidados especiais. “Em dias mais quentes é comum transpirar mais, o que exige mais trocas de máscaras. Elas devem ser trocadas sempre que estiverem úmidas”, diz. “E, para que este processo seja seguro, é importante guardar as máscaras usadas em sacos separados”, acrescenta.

.

◄ Voltar